quarta-feira, abril 23, 2014

terça-feira, abril 22, 2014

O único sentido possível que se pode retirar da invisibilidade crónica perante os teus olhos é o da presença constante no teu pensamento... (Pedro Martins Lopes)
Há quem nos mate a fome, nos sacie a sede, nos satisfaça com gestos e palavras, há ainda quem nos abafe a saudade e iluda a solidão. E há aquelas pessoas que em qualquer circunstância, que em qualquer momento, em qualquer lugar nos deixam perdidos, prendidos ao seu olhar, que não fala, mas trauteia aquele chamamento… (Pedro Lopes)