segunda-feira, novembro 02, 2009

Alma


As coisas mais belas não têm nome, não são palpaveis. Existem sem darmos conta, presentes, porém ninguém as vê. Quem me dera ser uma dessas coisas, invisivel mas com significado. Omnipresente no teu sorriso, mesmo sem nome, seria alguém. Porque o Amor não é feito de nomes, é feito de gestos de partilha, de dádiva, abdicação... Eu continuo a Amar, porque nada se esgota numa palavra. E o que vive dentro de nós, é o que nos faz caminhar. Saudade de olhar o céu e contemplar o teu Luar...(Pedro Lopes)

27 comentários:

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
peter pan disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
joaninha disse...

algumas coisas belas têm nome, poderão não ter rosto...
como vim até aqui, acabei por ler os outras textos. Gostei.
Atá outro dia.
BFS
Beijinhos

Anónimo disse...

Com nome ou sem nome, presente ou ausente, visível ou invisível... o Amor é, de facto, o que ilumina o nosso percurso nesta Vida, o que dá brilho à nossa pele e à nossa Alma. Não quero viver sem ele, e quero voltar a encantar-me novamente, com a mesma força da última vez, mas desta vez com a certeza de que serei feliz...
Talvez não volte a acontecer, talvez aconteça sem saldo positivo, mas vale a pena ficarmos receptivos porque sem a presença das várias formas de Amor nas nossas vidas... NADA faz sentido.
Gostei dos teus textos.
Bjinhos.
Kaita