segunda-feira, outubro 30, 2006

Reminiscência de Infinito Sentir





Imperfeitamente Linda


Imperfeitamente linda ténue vai a noite,
iluminada artificialmente em teu quarto.
Por entre paredes brilhas num suspiro doce,
longe da vista que não alcança, mas que tanto tenta…
Amamentas este coração que pede trespasse na esperança,
na crença profunda, na utopia, no querer, no sonho…
Na verdade omitida, na coragem perdida, na dor sentida…
Sujas de pólen ao chegar perto, ao emergir em ti, ao sorrires.
Leve a tua mão que custa a segurar pesada de sentimento,
cujo toque é o alimento, para quem não tem mais sustento.
Do nada fizeste “imenso”, da vida um ideal, e o amor real…
Sujas a vida de jovialidade, a perpetuas para além da idade,
imortal na amizade, eterna no amor, passageira na dor…
Imperfeitamente linda, ainda assim tão mais Linda.

Reminicência de Infinito Sentir
Ecopy - Porto - 2007



Amar é...

Amar é chorar como quem ri
É tremer de frio e sentir calor
É perder o sangue sem dor
É estar triste quando sorri
Amar é acordar sem ter dormido
É sentir o coração nas mãos
É suar sem se mexer, é gemido
É intenso querer fazer Amor contigo
Amar é andar mesmo sem pernas
É ser odiado e gostar de ti
É perder a cabeça e não apenas
É teu perfume no ar, eu senti
Amar é sem reino ser Rei
É lutar sem espada
É ser humilhado e dizer Amei
Amar multiplicação de sentir centrado em ti




Pedro Lopes - Reminiscência de Infinito Sentir
Ecopy – Porto – 2007

10 comentários:

nokkinhax disse...

tu e o teu jeito para a escrita...encantas kk moça...desejo-t td de bom p ti e p os teus livros migo eu sei k vais ter mm mt sucesso pois tu mereces isso e mt mais...sabes k pode sp contar cmg...bjokas enormes e mt mt sorte migo

Anónimo disse...

«imperfeitamente linda»
serei eu? nao me parece....
mas tb nao me importava nada ke este escritor me dedicasse 1s palavras lindas destas....
bom o ke hei-de eu escrever se nao te conheço...lol
desejo-te toda a sorte do mundo e mais alguma. continua assim a escrever ke eu estou sempre aki para te apoiar...
com 1 beijao grande da amiga marilia

Anónimo disse...

tu encantas com as tuas palavras lindas e sentimentais.
parabens continua assim,teras smp o meu apoio.
e ja me considero tua fã.
jokas da tua amiga sonia.

Vera disse...

Querido Pedro, este poema é dos mais belos que tens!
Tomara qualquer mulher um dia receber assim tamanha honra!
Beijinhos e tudo de bom para ti!

ana garcia disse...

sem duvida k tens um dom para escrever....adorei os teus poemas....és o maximo pimuh lindo...beijokas gandx da pimah ana....

Anónimo disse...

Olá moço Poeta
Parabéns, "imperfeitamente linda", deu aso a um "piqueno" desencontro... mas o poema é realmente perfeitamente lindo.
Desejo-lhe o maior sucesso e sei que 2007 vai ser um ano excepcional para si.
jinhos
e não se esqueça quero um autógrafo.
Rosa Maria Anselmo

Anónimo disse...

LoVe

Amei esta capa. Está linda como já te disse.Continua a escrever com o coração, com mt sentimento pk a vida é linda kd o nosso coração está replecto de amor.. e eu AmO- te mT. beijoooooooooooo loveeeeee

Anónimo disse...

Tudo na vida tem o seu porque....
Mas depois de tudo o que se passou,
Depois de tantos desgostos,
Fiquei eternamente feliz
Por ver que nao deixaste
O lado romantico da vida.
Este "AMAR" é prova disso...
Espero que continues e com muita, muita sorte
pois os santos da terra nao fazem milagres e tu es prova disso. Nunca deixes que ninguem mas ninguem duvide das tuas capacidades..... beijos desta amiga recente e para sempre... Eunice Freitas

Conceição Bernardino disse...

Olá pedro já tenho aqui o teu livro nas minhas mãos nem sabes como estou deslumbrada com a tua poesia...
agora falta o autografo e a dedicatória...
beijinhos
Conceição

Anónimo disse...

Estou orgulhosa de ti!!!
Muita sorte e Felicidades é o k te deseja a prima
Joana Chambel**